Artes marciais no mercado de apostas

Fonte: Pixabay

As artes marciais são consideradas atualmente como esportes de combate, cujos movimentos derivaram de técnicas milenares utilizadas nas guerras antigas. Com milhões de praticantes ao redor do mundo e também um público fiel que se interessa em assistir as lutas e competições esportivas que envolvem as artes marciais, essa prática tem ganhado cada vez mais popularidade.

Existem inclusive duas modalidades de artes marciais que tem se destacado no mercado de apostas, não apenas em cassinos físicos, mas também nos cassinos online. Conheça a seguir um pouco mais sobre essas modalidades e a razão pela qual elas tem movimentado grandes somas em apostas.

MMA

MMA é a sigla em inglês que corresponde as artes marciais mistas, uma categoria que inclui golpes de combate em pé e também técnicas praticadas no chão. Entre os torneios de destaque que promovem lutas de MMA, sem dúvidas o mais reconhecido entre o público é o Ultimate Fighting Championship (UFC), o qual realiza torneios em vários países do mundo entre alguns dos melhores lutadores do momento.

O MMA possivelmente é a arte marcial favorita dos apostadores pois realiza lutas muito midiáticas, que atraem os holofotes e o interesse de milhões de pessoas. Um exemplo disso foi a luta entre Floyd Mayweather Jr. vs. Conor McGregor, que aconteceu em agosto de 2017. Transmitido para mais de 60 países, o evento tinha Floyd Mayweather Jr. como o grande favorito, pois o mesmo vinha de uma sequência impressionante de 49 vitórias consecutivas. Comprovando o seu favoritismo, o lutador venceu o combate nocauteando seu adversário no décimo round.

Boxe

O boxe, por sua vez, também conhecido como pugilismo, é um esporte de combate em que se utiliza somente os punhos, seja para a defesa ou o ataque. Atualmente, na definição das lutas, os boxeadores são divididos em dezessete categorias de peso dentro da esfera profissional, que incluem peso pena, peso leve e meio-pesado, por exemplo.

Os principais torneios e campeonatos do esporte são organizadas por entidades internacionais como a Associação Mundial de Boxe (AMB) e a Federação Internacional de Boxe (FIB). Além disso, ao contrário do MMA, o boxe é uma das modalidades disputadas em grandes eventos esportivos como os Jogos Pan-Americanos e os Jogos Olímpicos.

Porém, o que coloca o boxe abaixo do MMA no mercado de apostas é justamente o fato de não existir uma competição contínua dessa modalidade tão popular quanto o UFC, o que acaba fazendo com que o público se interesse mais pelas Olimpíadas e outros torneios internacionais de caráter esporádico.

Outras modalidades de artes marciais

Além do MMA e do boxe, existem várias outras artes marciais muito praticadas mundo afora, mas que ainda não despertaram o interesse no ramo das apostas. Um bom exemplo é o karatê, um esporte de combate de grande influência oriental, que é considerado instigante pois utiliza golpes e movimentos variados, incluindo socos, pontapés e joelhadas, em conjunto com técnicas avançadas de imobilização.

Para o público do Brasil, outra arte marcial muito popular é o judô, que é de origem japonesa e serviu como uma das principais influências para o jiu-jitsu brasileiro. Um dos seus diferenciais é o fato de fortalecer não apenas o corpo, mas também a resistência mental de seus praticantes. Uma característica em comum entre o judô e o karatê é que ambos são esportes olímpicos, controlados por entidades internacionais.

Um dos motivos pelo qual essas modalidades não estão presentes no mercado de apostas é pela falta de um torneio regular e de forte apelo entre o público. No geral, os maiores atletas de judô e karatê priorizam competições mundiais e olímpicas, as quais acontecem com um longo intervalo de tempo, a cada quatro anos. Sendo assim, mesmo tendo muitos fãs ao redor do mundo, essas modalidades não conseguem engajar tanto o seu público pois não contam com uma competição mais dinâmica, nos moldes do UFC.

Internet completa 30 anos Apostas internas e externas do jogo de roleta